Medicina Geral

A AbbVie fortalece a cada dia seu foco em pesquisa e no desenvolvimento de outras áreas de doenças de necessidades significativas, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Saúde da Mulher

Estamos investigando, globalmente, um tratamento para os sintomas relacionados à endometriose e a fibroides uterinos – doenças que afetam milhões de mulheres no mundo todo. Essas doenças são altamente preponderantes e estão associadas a uma série de complicações crônicas.

Endometriose

A endometriose é um distúrbio doloroso do útero, que afeta cerca de 176 milhões de mulheres na pré-menopausa no mundo todo. Estamos trabalhando para ajudar as pacientes a tratar clinicamente a endometriose e sua dor geralmente debilitante.

Fibroides Uterinos

Fibroides uterinos (também denominadas leiomiomas ou miomas) são tumores benignos do tecido muscular do útero. Os fibroides são mais comuns em mulheres entre 30 e 40 anos de idade e estão associados a uma série de sintomas dolorosos. Para mulheres que sofrem de sangramento menstrual intenso, associado a fibróides uterinos, os tratamentos não cirúrgicos são limitados. Temos diversos estudos clínicos em andamento que avaliam a eficácia de um novo tratamento que auxilia no controle dos sintomas de fibroides uterinos.

Fibrose Cística

A Fibrose Cística (CF) é uma doença genética rara, que ameaça a vida do paciente, e afeta aproximadamente 80.000 pessoas no mundo todo. Pacientes com CF, que têm a qualidade de vida muito comprometida, apresentam expectativa de vida média 50% menor do que a registrada pela população, com idade mediana de morte aos 40 anos. Hoje, não há cura para a CF. Estamos avaliando três compostos em investigação em fases clínicas iniciais.

Neuropatia Diabética

A neuropatia diabética, ou doença renal diabética, é uma complicação comum da diabetes, sendo a principal causa de doença renal crônica em países emergentes. Estamos realizando um estudo clínico para avaliar os efeitos de um medicamento em investigação sobre a progressão da doença renal em pacientes com doença renal crônica em estágio 2 a 4 e diabetes tipo 2.